Invasão na Floresta

NARRADOR: Era uma vez… Muitos animais quem viviam na floresta. Havia o elefante…

NARRADOR: O leão…
NARRADOR:  Os pássaros…
NARRADOR: E também os animais domésticos que vieram da cidade para passear e visitar seus amigos da floresta. Os gatos…
NARRADOR: E os cachorros…
NARRADOR: E na floresta havia também uma colmeia de abelhas. Nessa colmeia a abelha rainha era muito sábia, gostava muito de cantar e dançar enquanto trabalhava.
(Todos os animais dançam juntos)

ABELHA: Zum, zum, zum sou uma abelha feliz! Trabalho, canto e danço. Quando canto fico esperta, a preguiça vai embora e o mel que é minha comida eu produzo muito bem, quando o frio vem eu estou bem agasalhada e a minha comida não falta! Zum, zum, zum!!!
NARRADOR: De repente o elefante veio bem rápido…
ELEFANTE: Corram! Corram! O perigo está andando! O caçador está rondando!
(Todos saem correndo e o caçador vai em direção ao mel)
CAÇADOR: Hummmmm mel!!! Agora sim vou comer esse mel tão desejado!
NARRADOR: A abelha rainha, ao ouvir a conversa do homem saiu desesperada!
ABELHA: Socorro! Socorro! Este homem quer comer o meu mel! Tive tanto trabalho e ele quer comer todo o meu mel?!
NARRADOR:  E a pequena abelha saiu a procura de ajuda
ABELHA: Amigos gatos, vocês podem me ajudar? O caçador está comendo o meu mel!
GATOS: Não! Não podemos, pois também podemos virar alvo do caçador.
ABELHA: E vocês? Alguém pode me ajudar?
(Todos os animais negam ajuda)
NARRADOR: Todos os animais disseram não com exceção do leão, que bravo e feroz resolveu ajuda-la, ele ficou com muita dó daquela pequena abelha que tanto pedia ajuda!
LEÃO: Agora vou pegar esse caçador, mostrarei para ele quem será a caça neste momento!
(Caçador apavorado sai correndo)
NARRADOR: Chegando em casa, o caçador desabafou com sua esposa
CAÇADOR: Nossa! Como pude entrar em uma floresta! Lá existem vários animais ferozes, quase fui devorado pelo leão!
MULHER DO CAÇADOR: Como você é bobo, não precisava de tudo isso só para pegar mel, o mel vende no mercado! Algumas empresas realizam com a ajuda das abelhas a produção e venda de mel
CAÇADOR: Poxa é verdade, é que eu estava com uma vontade de comer mel que nem me lembrei disso! 
NARRADOR: Daí então, o homem também percebeu que não é legal ameaçar, ou querer as coisas dos outros animais, ele tomou como lição e disse:
CAÇADOR: Vou ajudar a preservar as florestas, mas nunca, nunca mais vou invadir para comer o mel das abelhas.
NARRADOR: Enquanto isso a abelha e os outros animais agradeceram o leão, pois na verdade todos estavam em perigo.
FIM
Texto de Risoleta  Pimentel
Adaptado por Natália Góes

Anúncios

Um pensamento sobre “Invasão na Floresta

O que achou?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s